GUIA DA MAQUIAGEM: QUAL PRIMER DEVO ESCOLHER? ONDE APLICAR?

Recebi uma pergunta no meu instagram @alerodriiguesblog, sobre para que funciona o primer e onde deve ser utilizado, então eu resolvi fazer esse post pra reunir algumas informações e talvez algumas duvidas. Então espero que vocês gostem, aproveitem o post para absorver algumas informações sobre primer e que possam aperfeiçoar a maquiagem de vocês.

IMG_4257_polarr

Existem alguns tipos de primers e cabe a você avaliar o seu tipo de pele, para saber qual você deve escolher. Os primers podem ser siliconados, para efeito matte, efeito blur(que camufla os poros), efeito luminoso(adicionando uma luz para iluminar determinada área) e até efeito lifting(ajuda a tensionar a pele, deixando ela mais levantada e consequentemente esticada).

Começo de tudo: O que é um primer? Como o nome já diz primer de primeiro, então seria o primeiro passo para iniciar a sua maquiagem, ele funciona como uma preparação para receber tudo que vem depois, para não ser aplicado direto na pele, fazer uma película para prolongar a duração e o acabamento.

É de extrema importância? Nem sempre! Ele auxilia na textura da pele, no controle da oleosidade, no acabamento da maquiagem, maaas nem toda pele precisa necessariamente de um primer. Por muitas vezes uma boa preparação de pele, com uma limpeza bem feita, uma hidratação adequada já é o suficiente. Vou explicar um pouco sobre os tipos de primers e depois eu exemplifico porque em algumas peles só o uso do hidratante já é suficiente.

O primer é feito para ser utilizado em áreas especificas, não precisa ser aplicado no rosto inteiro, Claro que isso vai depender do tipo de primer e do acabamento que você quer. E você pode fazer uma combinação de primers, levando sempre em consideração as texturas e os acabamentos, aplicando nas áreas especificas você vai ter uma maquiagem perfeita.

Primer matte: esse é responsável por dar um acabamento sem brilho na maquiagem, então caso você tenha a pele oleosa ou ista, vai ser aplicado apenas nos pontos onde a pele acaba produzindo mais oleosidade, que é a Zona T(testa, nariz e queixo). Por isso é importante aplicar apenas nessas áreas, para garantir o real efeito e não dar uma textura feia na pele durante o dia. Se você aplica um primer matte, em uma pele seca ou em uma área ressecada, ele pode dar um efeito de pele mais seca e consequentemente pode esfarelar a base e deixar a pele com um aspecto envelhecido.

Esse primer pode ter vir em diversas texturas, como gel, gel-creme, sérum, liquido e etc. Você vai escolher o que mais funciona com você, lembrando sempre de hidratar a pele antes(mesmo que ela seja oleosa) e aplicando apenas nas áreas aonde a oleosidade costuma te incomodar durante o dia.

IMG_6725_polarr

IMG_3445_polarrPrimer Instamatte QDB – resenha aqui

Sérum Encanto da Sereia Ruby Rose

BT Detox Linha Bruna Tavares – resenha aqui

Primer para poros: esses são conhecidos como efeito Blur, pra quem não sabe o efeito blur na edição de fotos funciona embaçando aquela área, então consequentemente ele acaba apagando texturas e deixando aquela área mais lisa, inclusive em edições de fotografias de rosto, então ele “apaga” os poros. Esse primer também deve ser aplicado apenas nas áreas onde tem poros mais dilatados e com batidinhas, para preencher esse poros e quando a base entrar ali em cima, ela ficar sob uma superfície mais plana, assim não entrando nos poros e deixando um aspecto não uniforme.

IMG_3306_polarr

Blur Mágico Loreal – resenha aqui

Nessa mesma linha de primers com efeito BLUR temos primer com cores: esses tem a mesma função de camuflar os poros e ao mesmo tempo já uniformizam o tom da pele. Dependendo da nível de cobertura que você queira e precise, eles funcionam também como uma base de cobertura natural e ajuda a deixar a pele com um acabamento mais bonito. Normalmente tem uma textura mais aerada e grossinha, que preenche os poros dando o efeito de blur, enquanto já uniformizam a pele.

IMG_5188_polarr

Também existem primers coloridos, com o efeito de começar uma correção de cor, como em pessoas que ficam muito vermelhas ou tem rosácea.

Primer Glow: esse tipo de primer não vai interferir na textura da sua pele, apenas vai adicionar uma luminosidade, deixando a pele com mais viço. É interessante escolher primer que não tenham glitter de fato e sim uma luminosidade particular de brilho mais finas, que atuem em determinadas áreas trazendo uma luz por baixo da base. Podem ser aplicados em áreas especificas, para ser uma pré iluminação, então aplicando nas partes altas do rosto(têmporas, topo do nariz, centro da testa, queixo) ou aplicado em todo o rosto para dar uma luminosidade geral, lembrando que você tem que gostar desse efeito, porque ele é extremamente notório.

IMG_8548_polarrLágrimas Mágicas Face Beautiful – resenha aqui

Primer hidratante: esse funciona dando uma complementação para a sua hidratação, indicado para peles secas, já que normalmente essas peles precisam de produtos mais emolientes para garantir uma acabamento bonito. Então se você gosta de usar uma base matte, pele sequinha, sem brilho e tem a pele mais normal ou seca, é interessante usar um primer que te entregue uma hidratação maior, para que ao longo do dia essa pele não acabe ficando ressecada, pela textura da base na pele.

Primer siliconado: esse é o primer universal, que atua apenas deixando a pele mais lisinha, a textura dele não costuma interferir muito em controle de oleosidade, mas interfere no acabamento da base, por formar uma película mais lisinha e isso vai interferir diretamente no acabamento da base. Indicado também para peles normais, já que ele apenas cria uma película para a melhor a aplicação dos produtos que vão vir a seguir na pele.

IMG_0113_polarrPhoto Finish  Miss Rose – resenha aqui

Existem primers também indicados para pele madura, que acabam retraindo algumas linhas de expressão e tensionando algumas áreas da pele. Dando um efeito mais esticado, um deles é o Beyoung e eu sinto que realmente ele dá uma puxadinha na pele, mas eu não tenho muitas linhas de expressão, então acho que seja mais notório em uma pele mais madura.

Beyoung Studio Primer Pro-Aging – resenha aqui

Por ultimo, mas não menos importante também existem primers apenas para prolongar a duração da maquiagem e até intensificar alguns produtos. Um deles é o Magic Fix da Ruby Rose, ele é um primer liquido, não pesa na pele e controla um pouco da oleosidade. O ponto forte dele é prolongar a duração da maquiagem e sinto realmente esse efeito na pele, funciona em todos os tipos de pele, porque ele é uma aguinha e não pesa em nada.

Magic Fix Ruby Rose – resenha aqui

Depois de falar tudo isso sobre o Primer, porque eu disse que tem peles que apenas uma boa hidratação já é o suficiente? Porque o que a pele mais precisa é se manter hidratada ao longo do dia com a maquiagem por cima, então se você tem uma pele sem poros dilatados, não tem produção excessiva de óleo e não tem texturas na pele, o mais importante vai ser a hidratação, escolhendo um hidratante que você sinta que sua pele esta completamente nutrida, como cremes ou até óleos em determinadas áreas, o primer é dispensável.

Claro que existem muito outros primers no mercado, óleos que são usados como primers em peles ou áreas ressecadas, tentei explicar o máximo que eu sei e usar de exemplo alguns primers que eu tenho ou já usei.

Espero ter ajudado, qualquer duvida só comentar aqui no post ou lá no meu instagram @alerodriiguesblog. Um beeeeijo e até o próximo! :*

siga nas redes sociais (1)

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.